O que é um Aval?

Aval bancárioSaiba o que é um aval e como funciona. Descubra quais são os tipos de avales disponíveis. Entenda como são aplicados nos mercados financeiros.

Seguindo com os conceitos de economia que ultimamente temos publicado no Negócios e Dinheiro, desta vez é a altura de conhecer o que é um aval. Um aval é um procedimento muito estendido do nosso sistema económico que apresenta umas particularidades importantes e desconhecidas. É um compromisso solidário de cumprimento das obrigações, relacionadas com dinheiro ou de outro tipo que diz respeito a um terceiro. Com efeitos práticos e legais, só está definido o que é o aval monetário, em que uma pessoa ou banco empresta dinheiro com o consentimento voluntário de garantia da dívida do credor ao devedor se o devedor não cobrir todos os pagamentos acordados anteriormente. Continue lendo para descobrir mais sobre este termo financeiro.

Guia completo sobre Aval

O aval é instrumentado através de um contrato por escrito para que seja válido. Este tipo de contrato é consensual pelo que, podem-se dar garantias que cobrem a duração do aval e as condições económicas e financeiras do mesmo.

Funcionamento de um aval

O contrato de aval apresenta um funcionamento muito simples. O avalista, como pessoa que cobre os riscos do devedor, responderá solidariamente aos pagamentos em falta. No caso do devedor entrar em incumprimento, o credor poderá exigir solidariamente os débitos pendentes ao devedor ou ao avalista.

Tipos de Avales

Os avales dividem-se em dois grandes grupos, em função da pessoa que age como avalista. Estes podem ser:

  • Pessoas físicas ou jurídicas, que atuam em seu próprio nome e garantem a operação com todos os seus bens presentes e futuros.
  • Avales bancários, são os avales emitidos pelas entidades financeiras que se supõe que gozam de uma liquidez imediata no caso de reclamação do pagamento do aval.

Aplicação dos avales nos mercados financeiros

A área onde se utilizam mais os avales é na contratação de empréstimos. As entidades financeiras, na hora de conceder o crédito, avaliam a capacidade de pagamento do cliente como a sua posição patrimonial. No caso de detetar insuficiência de recursos económicos ou falta de património que preste uma garantia sólida a um pedido de empréstimo, é pedido um aval.

Este aval solicitado consiste em obter uma assinatura conjunta no contrato de empréstimo para garantir uma melhor dívida e o risco de operação. O empréstimo que possui mais exigências de garantias é o crédito à habitação, dado que possuem um prazo maior e um valor mais alto.

Grupo day trading de ações

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *