Como Comprar Apartamento em Lisboa – Sem ir à FALÊNCIA!

Como Comprar Apartamento em LisboaSaiba como Comprar Apartamento em Lisboa, sem pagar o Valor Pedido pelo Dono. O segredo para conseguir o melhor negócio (e o apartamento). Comece a negociar como um Guru!

Anos depois da crise económica, o mercado imobiliário em Portugal está novamente ativo e os preços em Lisboa não param de subir. Está de loucos. É impressionante. O problema é que parece não parar, porque tem sempre alguém disposto a pagar. Mas, isso não quer dizer que não seja possível comprar um apartamento em Lisboa. Se usar estas dicas, vai conseguir um bom desconto.

Lembre-se: o preço apresentado, nunca é o preço final.

O preço dos imóveis em Portugal está a subir em todo o país, mas Lisboa é a zona do país onde subiu mais até agora. Existem apartamentos que foram vendidos ao dobro ou triplo do preço de alguns anos atrás. Para não ser o próximo comprador a fazer um mau negócio, está na hora de aprender as dicas que compradores profissionais usam para comprar apartamentos baratos em Lisboa e mais tarde vender.

Como Comprar Apartamento Barato em Lisboa

O preço dos apartamentos em Lisboa está um absurdo, por isso mesmo, é importante ter em conta várias coisas, que vão ajudar a que consiga comprar um apartamento em Lisboa mais barato do que pensava que ia pagar.

O preço do anúncio do apartamento, nunca é o preço final. Lembre-se disso. É sempre possível negociar e fazer o preço baixar. Com as dicas abaixo, vai conseguir.

Estes são os passos que deve seguir, para conseguir um apartamento em Lisboa, por um preço mais barato do que o pedido pelo proprietário:

1. Pesquise o mercado – É impossível saber qual é o valor justo do apartamento que quer comprar em Lisboa, se não tiver feito a sua pesquisa. Procure por apartamentos semelhantes ao apartamento ou apartamentos em que está interessado e compare. O valor por m2 pode ajudar a ver se está muito caro ou ao preço justo. Também deve ter em consideração se é um apartamento antigo, remodelado ou moderno. Se tem garagem, elevador, porteiro, o andar, etc.

Só para ter uma noção, um apartamento T2 antigo em Lisboa só costuma ter 1 casa de banho. No caso de um apartamento T2 recente, costuma ter 2 casas de banho1 WC no quarto de dormir e 1 WC social. Também a maior parte dos edifícios anteriores a 1995, não tem garagem ou elevador. Por isso, a diferença no preço pode compensar.

Tente comparar sempre apartamentos com caraterísticas semelhantes.

2. Lidar com Agentes Imobiliários – É importante ter em conta que o Agente Imobiliário está a trabalhar para o vendedor e não para si. Também deve saber que o Agente Imobiliário vai receber uma comissão baseada no valor da venda, por isso, vai tentar conseguir o melhor preço possível.

Nunca revele para o Agente Imobiliário qual é o seu orçamento máximo ou porque gosta bastante do apartamento, porque o Agente vai usar isso contra si.

Ao mesmo tempo, deve mostrar que está interessado em fechar negócio, mas nas suas condições.

3. Saiba qual é a motivação do vendedor – Para saber exatamente qual o valor que deve enviar na sua proposta ao Dono do apartamento em que está interessado, é importante conhecer o vendedor e saber o que o motiva a vender o imóvel. Quanto mais souber do dono, melhor.

Prepare-se para o jogo!

Depois de falarmos com várias pessoas com experiência no setor imobiliário, estas foram as perguntas a que chegamos:

  • Porque o vendedor está a vender o apartamento em Lisboa?
  • Está interessado numa venda rápida? ou tem tempo?
  • Há quanto tempo está no mercado o imóvel?
  • Qual é o valor pelo qual o vendedor espera vender o apartamento? Esse preço é flexível ou não é negociável?
  • O apartamento ou o edifício têm problemas, defeitos ou problemas com pragas?

A resposta a todas estas perguntas vai ajudar a conhecer a motivação do vendedor. Por exemplo, um vendedor que quer uma venda rápida, está preparado para baixar mais o valor pedido, do que um vendedor que espera pelo comprador certo.

4. Faça o preço descer – É sempre possível negociar o valor pedido. Coloque isso na sua cabeça. Hoje em dia o Dinheiro é Rei, por isso, quem tem dinheiro, tem o poder de comandar a venda. Durante a sua visita ao apartamento, nunca mostre que está muito interessado ou que quer fechar negócio nos próximos minutos.

Comprar um apartamento em Lisboa, não é como comprar uma peça de roupa ou fazer as compras no supermercado. Leva o seu tempo. Não dê cabo da estratégia para baixar o preço .

Entre um a dois dias depois de ver o apartamento, entre em contacto com o vendedor ou com o Agente Imobiliário e faça a sua proposta.

AVISO: Nunca invista dinheiro que necessita imediatamente, porque vai tomar más decisões. Performance passada não é garantia de resultados futuros. O seu capital pode estar em risco.

5. Não ultrapasse o seu orçamento – Antes de procurar por uma casa em Lisboa, sente-se e defina qual é o seu orçamento aceitável e o seu orçamento máximo, no caso de encontrar um negócio daqueles que só aparece uma vez em anos.

É sempre uma boa ideia oferecer um valor inferior ao seu valor máximo. Não só dá mais espaço para negociar com o vendedor, mas também significa que está a poupar dinheiro ao comprar o apartamento. Esse dinheiro pode usar para outras coisas ou despesas importantes.

6. Cuidado com as emoções – Para não estragar o negócio e dar cabo das suas finanças pessoais, é importante que se mantenha calmo na hora de tomar decisões. Lembre-se que ao não conseguir comprar o apartamento em que estava interessado, mais tarde podem aparecer outras oportunidades.

O medo de perder a oportunidade (mais conhecido por FOMO – Fear of missing out), pode ser um motivador poderoso, para tomar decisões erradas.

Agora que já sabe quais são os passos que os compradores profissionais usam para comprar apartamentos baratos em Lisboa, para mais tarde vender e ganhar dinheiro, é a hora de fazer o mesmo.

Ao contrário do preço dos produtos nos supermercados ou nas lojas, que é final, no mercado imobiliário, o preço de venda de apartamentos usados em Lisboa nunca é final. É possível fazer baixar o preço ou incluir no preço do apartamento as obras e outros extras que podem custar milhares de euros.

Se mesmo assim ainda não conseguiu encontrar o apartamento dos sonhos em Lisboa, deve mudar a sua pesquisa. Tente expandir a sua pesquisa, a outras partes da cidade. Existem bons apartamentos em Benfica, São Domingos de Benfica, Carnide, Lumiar, Santa Clara, Alvalade, Olivais, Parque das Nações, Marvila, Areeiro, Beato, Penha de França, Santo António, São Vicente, Campo de Ourique, Campolide, Estrela, Alcântara, Ajuda e Belém.

Boas compras!