7 Melhores Conselhos de Investimento por Warren Buffett

Warren Buffett - o investidor milionárioConheça os 7 melhores conselhos de investimento partilhados por Warren Buffett. Descubra algumas das razões do sucesso deste investidor milionário da Bolsa de Valores.

Warren Buffett tem a capacidade de comunicar os conceitos complicados da bolsa de uma forma muito simples. Muito já se falou sobre este investidor de sucesso na bolsa, embora os seus melhores conselhos possam ser aqueles que tem partilhado em muitos programas de TV ou entrevistas, assim como nas cartas aos acionistas da Berkshire Hathaway. Neste artigo você pode ver um resumo de 7 dos melhores conselhos de investimentos que você deve tomar em conta antes de investir o seu dinheiro. Continue lendo para saber quais as estratégias para ter sucesso nos seus investimentos.

  1. Domine os conceitos básicos – Para investir com sucesso não é necessário entender a teoria moderna da carteira, valorização ou mercados emergentes. Inclusive seria melhor não saber nada. As escolas de negócios preparam os seus estudantes para os negócios, no entanto eles não estão preparados para investir. Em troca, se você quer saber praticamente tudo sobre como investir, é preferível tirar dois cursos, um sobre como valorizar uma empresa e outro sobre os preços dos mercados.
  2. O melhor momento é quando as empresas estão com problemas – O melhor que pode fazer um investidor, é encontrar uma empresa com problemas temporários. O melhor momento para comprar ações é quando está com problemas temporários, pois é quando a cotação das ações é mais baixa. No entanto, é preciso assegurar que você tem paciência necessária para ver o seu valor a crescer. Deve ter em conta que as reações do mercado diante de um problema de uma empresa pode ser muito exagerada devido ao pânico dos vendedores, o momento que você deve aproveitar.
  3. As ações saem sempre da crise – Embora você seja inundado diariamente com más notícias, a longo prazo, as notícias dos mercados acabam por ser boas. No século 20, os Estados Unidos sofreram 2 guerras mundiais, vários conflitos que custaram muito dinheiro, a depressão, uma dezena de recessões, epidemias de gripe… e finalmente as bolsas subiram. Claro que você deve escolher ações fortes, que não sejam vítimas mortais da crise.
  4. Pense a longo prazo – O seu objetivo deve comprar ações a um preço razoável e daqui a um, dois ou cinco anos vender e obter ganhos fantásticos. Com o tempo você encontrará poucas empresas que cumpram estas normas. Assim, quando você encontrar uma empresa que reúna estes pontos, então deve comprar uma grande quantidade de ações. Se você não está interessado em ser dono dessas ações por vários anos, então nem sequer pense em ser dono durante dez minutos.
  5. Compre ações de empresas que até um idiota poderia mandar – Trate de comprar ações de empresas que sejam rentáveis, quer tenham ou não um bom administrador executivo. Se a empresa tiver um produto fácil de vender, rentável e com uma boa base de clientes, pode ser algo que você deve pensar. Pois, o mais certo é que mais cedo ou mais tarde a empresa comece a valorizar e ofereça um bom lucro na sua carteira de investimentos.
  6. O preço e o valor não é o mesmo – No início dos investimentos, Warren Buffett aprendeu com Graham, o seu mestre em Wall Street, que o preço é aquilo que você paga, enquanto o valor é aquilo que você obtém.
  7. Vale sempre a pena manter uma carteira de ações – Quando você compra ações, compra parte de uma empresa. Quando tem em sua carteira grandes negócios, o período de tempo razoável para ter ações em carteira é para sempre. Porquê vamos vender algo que vai bem?