Quer Comprar Casa em Lisboa? Espere. Vai baixar entre -15% a -30%!

Próxima crise do imobiliário em LisboaNão deve comprar casa em Lisboa agora. Aguarde mais alguns meses. Segundo vários especialistas, os preços vão baixar entre -15% a -30%. Saiba as razões!

Se quer comprar casa em Lisboa, mas ainda não comprou a sua casa ou apartamento fez bem. Não é de agora que os preços são exagerados ou simplesmente não encontra uma casa em Lisboa com as caraterísticas que procura. Mas, agora chegou o momento de aguardar por mais algum tempo. De acordo com vários especialistas, vem aí uma crise no mercado imobiliário em Portugal, que vai fazer os preços cair em média -30%. Este é o momento para esperar. Não tenha pressa.

O preço das casas em Lisboa não podia subir para sempre!

Ao contrário do que algumas pessoas pensam (ou querem), os preços não podiam continuar a subir para sempre. É um facto. Devido a vários fatores, explicados mais abaixo, vem aí uma nova crise no imobiliário em Portugal, que vai criar várias oportunidades. Se estava interessado em comprar um apartamento barato em Lisboa, mas pensava que nunca mais iria acontecer, estava bem enganado. Continue lendo para descobrir as razões porque o preço das casas em Lisboa vai cair em média -30% ou até mais.

🔥 Conheça a Melhor Plataforma de Investimento! Comece a investir. 🔥

Razões Para a Queda do Preço das Casas em Lisboa

A economia em geral vive períodos de subida e queda, faz parte. As crises são inevitáveis e mais cedo ou mais tarde, esta crise no imobiliário estava para acontecer. Quem comprou casa em Lisboa a preços absurdos não pode culpar o fator A, B ou C para isso ter acontecido. É assim que a economia funciona.

Espere…

Nos próximos meses, as casas em Lisboa, mas também noutras partes do país, como o Porto ou o Algarve, vão baixar de preço. Espere uma queda entre -15% a -35%. A queda pode ser maior, em casas que só por si já tinham um preço muito inflacionado, em relação ao seu verdadeiro valor de mercado, antes do início desta crise.

Baixa de Lisboa

Os compradores inteligentes estão neste momento a se posicionar e a esperar a queda. Tanto pode ser rápida, num mês, como pode demorar 4 meses. Não tenha pressas. Uma coisa é certa, os preços vão cair… e bastante.

Os fatores que estão a contribuir para estas quedas, que vão criar a próxima crise no imobiliário são as seguintes:

  • Fim dos Vistos Gold
  • Preços exagerados
  • Coronavírus

Tenha em atenção que esta crise que vai criar quedas no preços das casas não é só exclusivo de Portugal, o mundo todo vai entrar em recessão, depois de vários anos de crescimento. Por isso, mesmo que Portugal tome algumas medidas, não vai conseguir reverter esta crise no imobiliário.

Conheça ao detalhe as razões para a próxima crise no imobiliário em Lisboa e porque os especialistas estão certos em afirmar que a queda vai ser em média de -30%.

💵 Compre ações na XTB. Comece com apenas 300 Euros! 💵

Fim dos Vistos Gold

Vistos gold

Com o vistos gold muitos apartamentos e casas em Lisboa e não só, foram inflacionadas para serem vendidas acima de 500.000€, o valor de investimento mínimo para ter acesso ao visto gold.

Por isso, tornou-se frequente encontrar anúncios de casas para venda com preços acima de 500.000€, quando o seu preço real é muito inferior. Como muitos estrangeiros não conhecem o mercado imobiliário português, também acabaram por cair nessa armadilha.

Como o passaporte Português é um dos passaportes com maior valor, os impostos em Portugal são baixos em comparação com o resto da Europa e com o passaporte de Portugal torna-se mais fácil viajar na Europa e não só, fez com que muitos estrangeiros tivessem escolhido comprar casa em Lisboa.

Com o fim dos vistos gold anunciado em 2020, são cada vez menos os estrangeiros a querer comprar casa em Lisboa, Porto ou no centro de grandes cidades, o que faz com que exista menos especulação e o que vai fazer com que a longo prazo o preço das casas baixe.

Coronavírus

Situação do coronavírus em Lisboa

Lisboa é uma das cidades com mais apartamentos e casas disponíveis nas plataformas de alojamento local, como é o caso do Airbnb e Booking. Com o coronavírus a infetar cada vez mais pessoas em Portugal, na Europa e no resto do mundo, é normal a diminuição do número de reservas em apartamentos alocados ao Alojamento Local.

Isto não vai durar só 1 a 2 meses, vai ter efeitos a longo prazo. Muitos donos de AL não têm capital para perder dinheiro durante muitos meses e vão ser obrigados a arrendar ou vender o apartamento.

O mercado do arrendamento e de venda vai ser inundado de novos apartamentos.

Mesmo depois do coronavírus estar contido ou até eliminado, vai ser difícil, deve ter em conta que os turistas passaram a ganhar menos dinheiro durante esses meses. Se têm menos dinheiro disponível, vão cortar em viagens, alojamento, etc.

💳 DESISTA DO SEU BANCO? Abrir conta no N26 e receber Cartão de Débito Grátis! 💳

Tenha em conta que não existe ainda uma vacina para o coronavírus e mesmo que já tenham encontrado uma vacina que funcione, vai demorar vários meses. Primeiro é preciso fazer vários testes para verificar a eficácia, depois passar à produção em massa e começar a venda. Tudo isso não é feito do dia para noite. Possivelmente só em 2021 ou 2022.