Formas de Investir em Empresas – Obrigações Privadas

ObrigaçõesConheça a forma mais recente de investir dinheiro em empresas. Comece a comprar obrigações para ganhar dinheiro ao emprestar capital a empresas e negócios.

Com a dificuldade no acesso ao crédito para as empresas, é cada vez mais importante procurar por outras fontes de financiamento que garantam dinheiro para manter um fluxo de caixa razoável e que tenha taxas de juro mais baixas, do que as praticadas pelos bancos. Por isso, nestes últimos meses tem sido cada vez maior o número de empresas portuguesas que estão a emitir obrigações, que em muitos casos oferecem uma rentabilidade maior que outros produtos financeiros de renda fixa, como as obrigações do tesouro ou letras do estado. Mas o que são realmente estes empréstimos?

O que são os títulos de dívida privada?

Os empréstimos são fontes de financiamento empresarial que se dividem em partes iguais, muito semelhantes à dívida do estado, com a diferença que são as empresas que emitem as obrigações, e não o estado, pelo que o risco destes títulos irá depender em grande parte da solvência da empresa, sendo mais rentável quanto maior for o risco da operação, em geral oferecendo uma rentabilidade maior que a dívida pública.

Nestes títulos de dívida o investidor empresta uma determinada quantidade de dinheiro à empresa, convertendo-se desta maneira no credor da mesma, com a promessa de receber um quantidade fixa anual de juros, e geralmente receber a totalidade do dinheiro emprestado quando vence o empréstimo.

Existe risco nestas operações?

Estas obrigações são emitidas com um juro fixo. O risco depende da solvência da empresa que emite estes títulos de dívida. Normalmente, podem ter um risco maior que os títulos de dívida pública. Pensando na solvência de um país não tem nada a ver com a solvência de uma empresa. Por isso, paga-se precisamente pelo nível de risco, um preço extra por contratar um ativo que tem um risco maior que a dívida do estado, pelo que a rentabilidade é maior.

Além disso, também é importante comprovar os detalhes da obrigação através da CMVM, dado que é o primeiro passo antes de ter acesso ao pagamento de obrigações das empresas. Desta forma é possível ter um ideia de que o risco é muito menor para aqueles que não estão regulados pelo organismo.

Grupo day trading de ações

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *